iCaminhões: Caminhões novos, usados e lançamentos
 
 

Os caminhões mais luxuosos do mundo

Cabines trazem uma série de itens de conforto como TV, minigeladeira, micro-ondas e bancos de couro

26/04/2012 - Mauro Cassane/MM Editorial

  • Compartilhe esta matéria:
 
 
 
 
 
 
 
International LoneStar
  • 1 | 10
  • International LoneStar
  • International LoneStar International LoneStar Peterbilt 579 Peterbilt 579 Kenworth T680 Kenworth T680 Freightliner Cascadia Freightliner Cascadia Western Star 4900 Western Star 4900
     
 
 
 
Apesar de os fabricantes europeus não economizarem na potência dos motores – vide os suecos Volvo FH 16 750 e o Scania V8 730 –, os Estados Unidos também se destacam no cenário global da indústria de caminhões. E o diferencial são os modelos “bicudos” com cabines leitos com elevados níveis de conforto e luxo. Veja como algumas montadoras projetaram “boleias” que funcionam como dormitório, escritório, sala de estar e até cozinha.

International LoneStar

Esse caminhão chamou a atenção do público paulista na última Fenatran, o Salão Internacional do Transporte realizado no Pavilhão do Anhembi em outubro de 2011. Quem passava pelo estande da International e se deparava com o “bicudo”, logo sacava o celular para tirar uma foto de recordação. Apesar de ser produzido e vendido somente nos Estados Unidos, o LoneStar já é bem conhecido em outros mercados. Com um motor de 500 cavalos de potência e um visual que mistura o design clássico com o moderno, o interior não economiza em itens que garantem o máximo de conforto ao motorista.

Um dos primeiros itens de destaque da boleia deste modelo da International é a isolação acústica, que permite o máximo de silêncio na hora do descanso. Com bancos forrados em couro, o motorista conta ainda com um beliche, um compartimento com mais de um metro para guardar seus pertences, diversas gavetas para objetos, sistema de som digital e espaço para uso de um micro-ondas.

Peterbilt 579

Equipado com um motor Cummins ISX15 que pode chegar a 600 cavalos de potência, o Peterbilt 579 aposta em soluções aerodinâmicas no design para atingir o máximo de produtividade (leia-se, baixo consumo de combustível). A exemplo de automóveis, seu painel traz o sistema de navegação SmartNav, uma tela touch-screen de 7” onde o motorista tem acesso à informações sobre a performance do veículo, GPS, Bluetooth, rádio, mp3 e entradas USB e para Ipod.

Toda a cabine foi construída com um material macio e agradável ao toque. Próximo à cama, há uma série de porta-objetos e uma mesa que pode ser utilizada para trabalhar. A climatização da boleia garante uma boa noite de sono. E para o trabalho diário, o assento ST Evolution traz sistema de aquecimento, apoio lombar, lateral ajustável reforçada, opção de rotação e bolsos de armazenamento de objetos.

Kenworth T680

A fábrica de Kirkland, no Estado de Washington (EUA), fez questão de apurar não só o trem de força com um motor Paccar MX de 485 cavalos de potência (há a opção automática), mas investiu também em um desenho cuja aerodinâmica aproveita ao máximo o vento para diminuir o consumo de combustível nas operações rodoviárias de longa distância.

Em seu interior, além de uma cama e bancos confortáveis (que podem vir com couro e sistema de aquecimento), o T-680 oferece a possibilidade de se instalar uma TV de 22 polegadas. Há ainda uma série de gavetas, espaço para micro-ondas, uma minigeladeira, mesa retrátil (como o banco do passageiro é giratório, pode virar uma estação de trabalho) e climatização.

Freightliner Cascadia

A fabricante apresenta o caminhão como uma mistura entre tecnologia de ponta e soluções tradicionais. A engenharia gastou mais de 2.500 horas para definir e validar o design aerodinâmico do modelo. Com um engenho de 600 cavalos de potência, o Cascadia possui uma cabine leito ideal para operações de longa distância.

A boleia é equipada com vários pontos de luz, que podem ser utilizadas para leitura ou trabalho. Há luzes individuais para o motorista e passageiro, e também ao redor da cama. O climatizador do Cascadia tem a seu favor o desenho do interior, projetado para aumentar a eficiência da circulação de ares quente e frio. Para manter toda a parte elétrica em funcionamento, o caminhão possui uma bateria independente, localizada atrás do banco do motorista.

Western Star 4900

A empresa tem duas opções de marca de motores, Cummins e Detroit, que podem chegar a 600 cavalos de potência. A vocação do 4900 é o transporte rodoviário de longa distância, e apesar de, na comparação com as marcas já apresentadas, a Western Star demonstrar uma preferência por um visual mais espartano, ela entra nesta matéria por cuidar muito bem principalmente do motorista, oferecendo três opções de forramento para os bancos (destaque para o couro Ultraleather).

Nas opções de cabine teto baixo e teto alto, o caminhão pode ter várias configurações internas, como uma mesa central para trabalho e lazer. Quanto à instalação de micro-ondas, minigeladeira e televisão, tudo está preparado para receber os equipamentos, que podem ser instalados da maneira que o motorista quiser.

  • Compartilhe esta matéria:
 

Faça seu comentário